click at this page Como localizar telefone e endereço Rastreador gps para celular download click the following article read more Como localizar Sistema Apps espiao para windows phone Baixar programa Reviews on mobistealth Espia de celulares para blackberry Aplicativos espiao gratis Mobile spy no jailbreak read more Spy app without target phone Rastreador de Espionar celular gratuito more info Aplicativo para rastrear celular pelo numero Como puedo Como espionar conversas do whatsapp de outra pessoa Rastrear celular samsung galaxy young Rastrear iphone Download spybubble trial version Como rastrear un celular entel Programa Free iphone Iphone 6s imessage spy Descargar Como funciona Aplicativo de rastreamento para o celular Camara click see more Software espião Como rastrear meu celular samsung galaxy young Como espiar telefonos celulares gratis Www spybubble android 4 radio apk Rastrear Escuta telefonica para celular spy camera phone charger zeus keylogger download erfahrungen handyortung kostenlos

Onda Latina

segunda
10.Ago 2020
Início seta Música Latina seta Música Latina seta Cantora e compositora Sol Alac inicia turnê 2013 com shows em MG e PE
Cantora e compositora Sol Alac inicia turnê 2013 com shows em MG e PE PDF Imprimir E-mail
Escrito por Divulgação   
31-Jan-2013
sol_alac<_divulgacao<_www.solalac.com.br.jpgMariana, Divinópolis, Recife e Belo Horizonte serão palco do show "La Luz de Mis Ojos", composto de tango fusão, boleros e clássicos da música brasileira; inicio da turnê acontece na próxima sexta-feira, 1º de fevereiro de 2013.

Depois de dois meses na Europa, onde compôs novas canções ao lado de músicos internacionais, a cantora e compositora Sol Alac inicia a turnê 2013 do show: "La Luz de Mis Ojos". Serão três apresentações em Minas Gerais e uma em Pernambuco. A cidade histórica de Mariana (MG) é a primeira a receber o show, no dia 1º de fevereiro, sexta-feira, no Centro de Cultura SESI Mariana, às 20h30, aberto ao público e gratuito. Já no dia 3 de fevereiro, domingo, dentro do projeto Domingo no Museu, o show será na capital mineira no Museu de Arte da Pampulha, às 11h, com ingresso a preço simbólico de R$10,00. No dia 7, quinta-feira, é a vez da cidade de Divinópolis (MG) receber, pela primeira vez a cantora argentina, no Teatro Usina Gravatá, às 20h30, também com entrada franca.

De Minas, Sol Alac parte para Pernambuco onde se apresenta no domingo, 10 de fevereiro, no Garanhuns Jazz Festival, na cidade de Garanhuns, a 228 km de Recife. Realizado no período do carnaval, o evento é voltado para o público que deseja fugir das tradicionais micaretas e marchinhas. Considerado um dos maiores festivais do gênero no país, é um verdadeiro encontro cultural entre o Jazz & Blues, Maracatu, Frevo, Pífanos e a cultura local. O evento traz artistas nacionais e internacionais de renome e também reserva espaço para a cultura popular. A programação é gratuita com mais de 20 shows.

A segunda parte da turnê acontece em grandes capitais do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Paraná. La Luz de Mis Ojos é realizada por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e tem o patrocínio do Grupo FIAT.

follow link Sobre La Luz de Mis Ojos

Com um repertório composto de tango fusão, boleros e clássicos da música brasileira, Sol Alac encara 2013 com toda a energia e vibração da "world music": Maquillaje, Volver, Vete de mi são apenas algumas das músicas que se destacam entre as pérolas do cancioneiro latino-americano que Sol Alac interpreta nesse show, produzido pela própria artista.

A cantora conta, ainda, que o rock está presente nesta nova turnê e em suas composições autorais. "Intensidade, emoção e paixão são elementos essenciais do tango e também do rock. O que eu faço é passar esta música pelo corpo, pelas minhas emoções, viagens e identidade", revela Sol Alac.

Nascida na Argentina, mas há quatro anos vivendo no Brasil, tendo morado também na Europa, Sol Alac acredita que não existem fronteiras e barreiras culturais. "Eu me sinto portenha, europeia e também brasileira, já que eu escolhi viver em Belo Horizonte e ter minha filha aqui. Amo este país pela brasilidade, leveza e, claro, pela musicalidade. Eu não acredito em limites territoriais, em um passaporte". Sol Alac conta que exatamente por este pensamento livre de barreiras, presente também em sua música e sua composição, escolheu músicos de diferentes lugares do mundo para formar sua banda. "Ela reflete minha personalidade. Eu busco diversidade! Temos músicos da França, Uruguai, Argentina e ainda um baixista de Minas tocando conosco nesta turnê. Adoro unir pessoas, pois elas trazem a história de vida dos seus próprios cantos", comenta.

Segundo a cantora, ela carrega em sua "bagagem de vida" todas as referências musicais de viagens e interações com grandes artistas. "Levo comigo essa identidade, essa bagagem de cores e ritmos onde quer que eu esteja. Eu desconheço a expressão para sempre. Gosto de mudança, não gosto de acomodações, quero sempre descobrir culturas novas, músicas diferentes. Pois quando eu conheço outras pessoas e eu me conheço também", reflete. Sempre ligada às artes, Sol Alac é atriz e usa esta formação na interpretação de suas canções. "Particularmente no Brasil escolhi Minas Gerais, pelo calor da sua gente e sua identidade musical que me surpreende, desde Milton Nascimento, passando pelo Clube da Esquina, até os cantores que são menos conhecidos, mas de uma beleza sonora incrível. Hoje, minha vida está aqui, e meu objetivo é construir neste país minha carreira musical e minha historia particular na musica e na arte. Estou fazendo o que eu qu ero e onde me sinto feliz", explica Sol. Na turnê, Sol Alac é acompanhada pelos músicos Olivier Manoury (bandoneon), Javier Estrella (bateria), Pajaro Canzani (violão) e Alexandre Mourão (baixo).

enter Sol Alac: De origem eslava e indígena, a argentina Sol Alac leva o tango no seu DNA e o rock na pele. Nascida em Bahia Blanca, na província de Buenos Aires, aos 7 anos de idade a cantora já demonstrava que tinha talento para o estrelato. No primeiro grau, foi a solista do coro de alunos em inúmeras apresentações, numa infância regada de música folclórica argentina e sob influência de vozes profundas, como as dos conterrâneos Vitor Heredia, Atahualpa Yupanqui, Mercedes Sosa e dos cubanos Pablo Milanez e Silvio Rodriguez. O tango chegou através do rádio sempre ligada do seu pai para não sair nunca mais da sua vida. Sol foi descobrindo sons únicos como Astor Piazzola, e cantores como Roberto Goyeneche, Julio Sosa e Edmundo Riveroque, que seriam uma constante em sua vida. Aos 12 anos, Sol Alac já sonhava em viajar pelo mundo

Na adolescência, a música acompanhou seus dias. Adorou a intensidade e a poesia de Jim Morrison, da banda The Doors. E compositores de histórias cotidianas como o espanhol Joaquín Sabina. Gostava dos clássicos The Beatles e Rolling Stones e de bandas como Guns and Roses. Nessa fase, Sol Alac conheceu as cores e o mundo pop de Madonna, Cindy Lauper e dos espanhóis Mecano Alaska e Miguel Bossé. Aos 17 anos, a artista se aproximou do teatro e, já na universidade, participou de algumas peças. Ao mesmo tempo foi chamada para trabalhos de modelo em comerciais e agências e acabou recebendo convites para fazer desfiles e campanhas nos EUA, Alemanha, Costa Rica, México, Itália e Espanha.

Na volta à Argentina, um ano depois, Sol Alac mergulhou de cabeça na carreira de atriz e participou de diversas produções cinematográficas e televisivas, como Verano Del 98, Drácula e o filme argentino 76-89-03. Sem nunca se separar da música e do canto, a artista se casou com o jogador de futebol argentino Juan Pablo Sorin. Em 2000, o casal se estabeleceu em Belo Horizonte.

Em 2002, Sol Alac participou dos shows e do disco O Tempo, do amigo Celso Adolfo. Logo veio um período de 6 anos na Europa, onde as artes plásticas e o canto ganharam força. Aprimorou sua voz e intensificou seu trabalho com professores, adquirindo novas técnicas e incorporando outras influências.

No ano 2011 lançou oficialmente sua carreira de cantora que não para de crescer e inovar.

Sol Alac participou de importantes Festivais em Minas Gerais como: Festival Nômade, Festival de Tiradentes, Festival Savassi, entre outros. Seu último show foi em Paris, em La Favela Chic, em novembro de 2012.

https://menswahrremeanistcong.tk MÚSICOS SOL ALAC

en.sirekeko.tk Alexandre Mourão, contra-baixo(Brasil): Brasileiro, de Minas Gerais, Alexandre Mourão é instrumentista, compositor e arranjador, com especialização em Contra-Baixo, tendo atuado ainda em direção artística, gravações, produção e direção musical. Já se apresentou ao lado de Milton Nascimento, Affonsinho, Maurício Tizunba, Marku Ribas, Tattá Spalla, Chico Amaral, Robertinho Brant, Rogério Flausino, Fauzi Beydoun, Seu Jorge, Samuel Rosa, Lô Borges, dentre outros.

riacadiwanlimet.ga Javier Estrella, bateria e percussão(Francês/Argentina: Francês -argentino, Estrella tem vasta experiência com diferentes gêneros,do Jazz à Música de Câmara, passando pelo Tango, Folclore Sul-americano até chegar ao Pop. Já trabalhou com Juan Carlos Cáceres, Ilene Barnes, o grupo Enzo Enzo e o cantor português Bevinda. Colabora com artistas de renome como Mezzo Soprano, Teresa Berganza. Sua história musical, vem da família, seu pai é o pianista Miguel Angel Estrella. Em sua trajetória já realizou turnês pela Europa, Japão, América do Sul, América do Norte e Oceania.

Pajaro Canzani, violão e baixo (Uruguai): Franco Uruguaio, Pajaro Canzani é cantor, guitarrista, autor, compositor, produtor e engenheiro de som. Sua carreira artística começou em 1971, quando ganhou o Festival Uruguaio na categoria Candombe Beat. Forma o grupo Aguaragua com quem gravou dois álbuns: Aguaragua e Algún Día (participaram Jaime Roos e Jorge Bonaldi entre outros). Depois, junta-se a Los Jaivas em 1975 e visita Argentina, Uruguai e Brasil. Em 1996 realizou mais de 25 shows pela América Latina. Em 2008, gravou Transamericana, acompanhado de músicos internacionais entre eles: Z'Africa Brasil, Ramiro Musotto, Fernando Samalea. Residente há mais de 25 anos em Paris, está em contato permanente com músicos de diferentes culturas. Formou uma banda com Patrick Bebey, e teve parcerias com músicos africanos como Geoffrey Oryema entre outros.

Olivier Manoury, bandoneon (França):  Nascido em Tulle, na França, em 1953, Olivier estudou pintura e escultura na École Nationale des Beaux-Arts, de Paris, e literatura na Universidade Sorbonne. Começou, então, a fazer violinos e instrumentos barrocos, e depois a tocar, restaurar e afinar acordeões. Músico profissional desde 1979, dedica-se agora exclusivamente à música. Toca com bandas de jazz e música improvisada, entre eles, gravou com o percussionista uruguaio Elel Jorge Trasante, o cantor africano Bonga, a cantora de jazz americana Dee Dee Bridgewater e o baixista de jazz YvesTorchinsky. No ano de 1999, compôs a música do balé de Maurice Béjart, "Che Bandoneon Quixote", que teve grande sucesso na Europa e na América Latina, como o Gran Rex, em Buenos Aires, Montevidéu Sodré Teatro, em Montevidéu, Teatro Municpal de São Paulo, em São Paulo-SP, e Teatro Nacional de Brasília, em Brasília-DF. No ano 2001 fez parte da formação da banda Gotan Project, sucesso no mundo inteiro.

SERVIÇO

CANTORA SOL ALAC INICIA TURNÊ 2013 COM SHOWS EM MINAS E PERNAMBUCO

Turnê 2013 "La luz de mis ojos"

De 1º a 10 de fevereiro de 2013

Cidades: Mariana, Belo Horizonte e Divinópolis (MG) e Garanhuns (PE)

Patrocínio: FIAT

Produção: Nó de Rosa

TURNÊ 2013 "LA LUZ DE MIS OJOS"

Cidade: Mariana (MG)

Data e horário: 1º de fevereiro, sexta, às 20h30,

Local: Centro de Cultura SESI-Mariana (Rua Frei Durão, 22 - Centro)

Classificação etária: Livre

Preços dos ingressos: Entrada Franca

Cidade: Belo Horizonte (MG)

Data e horário: 3 de fevereiro, domingo, às 11H

Local: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585 - Pampulha)

Classificação etária: Livre

Preços dos ingressos: R$10,00

Pontos de Vendas: Ingressos à venda no Local do Show e na Loja Acústica CDs (Rua Fernandes Tourinho, 300 - Savassi)

Cidade: Divinópolis (MG)

Data e horário: 7 de fevereiro, quinta-feira, às 20h30

Local: Teatro Usina Gravatá

Classificação etária: Livre

Preços dos ingressos: Entrada Franca

Cidade: Garanhuns/Recife (PE)

Data e horário: 10 de Fevereiro, domingo, às 21h

Local: Praça Guadalajara (Palco Ronildon Maia Leite)

Classificação etária: Livre

Preços dos ingressos: Entrada Franca

INFORMAÇÕES SOL ALAC

Facebook: www.facebook.com/solalacoficial

Twitter: @sol_alac

Instagram: @sol_alac

Site: www.solalac.com.br

 

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA - PESSOA Comunicação e Relacionamento

Atualizado em ( 31-Jan-2013 )
 
< Anterior   Seguinte >