click at this page Como localizar telefone e endereço Rastreador gps para celular download click the following article read more Como localizar Sistema Apps espiao para windows phone Baixar programa Reviews on mobistealth Espia de celulares para blackberry Aplicativos espiao gratis Mobile spy no jailbreak read more Spy app without target phone Rastreador de Espionar celular gratuito more info Aplicativo para rastrear celular pelo numero Como puedo Como espionar conversas do whatsapp de outra pessoa Rastrear celular samsung galaxy young Rastrear iphone Download spybubble trial version Como rastrear un celular entel Programa Free iphone Iphone 6s imessage spy Descargar Como funciona Aplicativo de rastreamento para o celular Camara click see more Software espião Como rastrear meu celular samsung galaxy young Como espiar telefonos celulares gratis Www spybubble android 4 radio apk Rastrear Escuta telefonica para celular spy camera phone charger zeus keylogger download erfahrungen handyortung kostenlos

Onda Latina

segunda
23.Set 2019
Início
Fórum debate jornalismo que cria laços com presença de executivos de Google, Twitter e Facebook PDF Imprimir E-mail
Escrito por Divulgação   
06-Set-2019

Casa Hope apresentou a causa das crianças com câncer e recebeu
300 quilos de alimentos, válidos como ingressos

divulgacao_-_foto_de_egydio_zuanazzi_-_negcios_da_comunicao.jpg“Os jornalistas atingem milhões de pessoas e podem fazer a diferença na sociedade “, explicou Tatiana Caneloi, gerente de marketing e comunicação da Casa Hope, no final do Fórum de Jornalismo Regional e Comunitário, realizado no início do mês, ao comentar a importância da participação da entidade no evento. “Apresentar aos formadores de opinião a causa do apoio biopsicossocial às crianças e jovens com câncer foi uma oportunidade especial e ficamos sensibilizados com a acolhida dos participantes”, completou a executiva da entidade que recebeu 300 quilos de produtos não perecíveis, da lista de necessidades da entidade, como alimentos e fraldas, que valiam como ingresso.

Promovido pela plataforma Negócios da Comunicação e pelo Cecom – Centro de Estudos da Comunicação, o evento ocorreu na Unibes Cultural, com a presença de cerca de 370 pessoas. O 2º Fórum de Jornalismo Regional e Comunitário teve a participação de marcasse nomes conhecidos da imprensa, da comunicação digital e do setor público e debateu A Comunicação que cria laços, focando nas práticas jornalísticas com viés social.

Durante um dia inteiro, editores e repórteres de veículos de comunicação, blogueiros, influenciadores digitais e comunicadores em geral puderam conhecer e debater as melhores práticas e plataformas para se produzir e disseminar um jornalismo engajado. Representantes do Facebook, Twitter e Google ensinaram as melhores formas de usar essas plataformas para divulgar notícias e torná-las relevantes em seus segmentos. Representantes da sociedade civil também apresentaram inciativas da prática de jornalismo cidadão, com projetos da periferia da cidade, e outros especialmente voltados para a realidade no interior do Estado. Os executivos destacaram que boa parte dos veículos de imprensa ainda não usa todos os recursos disponíveis nas novas plataformas para tornar o jornalismo mais dinâmico e as relações com seus públicos mais engajadas. Com isso, é possível acreditar que o negócio possa se reinventar e manter-se imprescindível e sustentável.

Participaram do evento vários jornalistas que deram suas contribuições a partir de temas bem atuais. Entre eles, destacam-se Carlos Aros, diretor de Conteúdo da Jovem Pan News; André Azeredo, apresentador do SP no Ar, da Record TV; Cíntia Moreira Gomes, cofundadora e editora da Agência Mural da Periferia; Aline Origuela, gerente de Jornalismo da TV Tem Sorocaba; Aline Pagnan, coordenadora das edições online do Jornal da Região, de Jundiaí; Ana Maria Coluccio, editora do jornal São Paulo Zona Sul; Filomena Salemme, especialista em podcast e professora; Jeferson Martinho, diretor do Portal Visão Oeste, de Osasco; e Ubirajara de Oliveira, fundador e publisher do Jornal da Gente.

O evento também contou com executivos que apresentaram as tendências do setor, entre os quais Gustavo Poloni, diretor de parceiras de notícias do Twitter para a América Latina; Maíra Carvalho, gerente de parcerias estratégicas de mídia do Facebook; Rafael Corrêa, Head de Comunicação do Google Brasil; João Jabbour, diretor de redação do Grupo Cidade - Jornal da Cidade de Bauru, o JCNet e a rádio 96FM; Marcelo Santos de Moraes, professor da Faculdade Cásper Líbero e consultor; e José Carlos da Rocha, presidente do Fórum Democracia na Comunicação.
Entre os educadores e autoridades convidadas, o Fórum recebeu Carlos Costa, professor do Programa de Mestrado em Comunicação da Cásper Líbero; Marco Antônio Sabino de Souza, secretário Especial de Comunicação da Prefeitura da Cidade de São Paulo; José Geraldo de Oliveira, professor da Unip e consultor da TV Cultura; Cleber Mata, secretário de Estado da Comunicação do Governo do Estado de São Paulo; e Antônio Assiz, coordenador do curso de Jornalismo da Universidade Cruzeiro do Sul e sócio da produtora de vídeo Aramá Comunicações.

O evento foi encerrado com uma palestra de Eugênio Bucci, jornalista e professor titular da ECA-USP, sobre o tema Por que o Brasil precisa da imprensa - mais do que nunca e, contou, ainda, com uma homenagem à Associação Nacional de jornais, ANJ, pelos seus 40 anos de fundação.
 
INSTITUCIONAL CASA HOPE
Entidade 100% filantrópica, a Casa Hope apoia crianças e adolescentes no tratamento do câncer e transplantados de medula óssea, fígado e rins. A entidade oferece gratuitamente apoio para melhorar as condições físicas, psicológicas, sociais e educacionais visando a garantir a continuidade dos atendimentos de apoio durante o tratamento. Criada em 1996 por Claudia Bonfiglioli e pela advogada Patrícia Thompson, a Casa Hope está instalada hoje, em sede própria, no Planalto Paulista, Zona Sul de São Paulo, com 198 leitos
Atualmente, a entidade realiza eventos comemorativos e ações com a comunidade local para levantar recursos. Nessas ações, a participação dos voluntários é fundamental para o sucesso da empreitada. Levantar recursos é um dos desafios da Casa Hope, ao lado do acolhimento dos pacientes e famílias que lutam contra uma das doenças mais cruéis que atingem milhares de crianças e adolescentes no País. Visite o site da Casa Hope - 
www.hope.org.br. Endereço: Alameda dos Guainumbis, 1027, Planalto Paulista, Tel.: 11 5056.9700.
Fonte: Conteúdo Social Comunicação

 

Atualizado em ( 10-Set-2019 )
 
Seguinte >

Enquete

Qual é o seu ritmo latino predileto?
 
Newsletter
Receba as novidades da Onda Latina no seu e-mail.
E-mail

Nome

Sobrenome

Cidade


 

Usuários On-line