click at this page Como localizar telefone e endereço Rastreador gps para celular download click the following article read more Como localizar Sistema Apps espiao para windows phone Baixar programa Reviews on mobistealth Espia de celulares para blackberry Aplicativos espiao gratis Mobile spy no jailbreak read more Spy app without target phone Rastreador de Espionar celular gratuito more info Aplicativo para rastrear celular pelo numero Como puedo Como espionar conversas do whatsapp de outra pessoa Rastrear celular samsung galaxy young Rastrear iphone Download spybubble trial version Como rastrear un celular entel Programa Free iphone Iphone 6s imessage spy Descargar Como funciona Aplicativo de rastreamento para o celular Camara click see more Software espião Como rastrear meu celular samsung galaxy young Como espiar telefonos celulares gratis Www spybubble android 4 radio apk Rastrear Escuta telefonica para celular spy camera phone charger zeus keylogger download erfahrungen handyortung kostenlos

Onda Latina

quinta
19.Mai 2022
Início
Quinteto Violado comemora 50 anos de carreira com show especial na Casa de Francisca PDF Imprimir E-mail
Escrito por Divulgação   
03-Mai-2022

quinteto_violado<_divulgacao.jpgO grupo musical Quinteto Violado chega aos 50 anos de carreira com uma turnê nacional do show “Tempo – 50 Anos do Quinteto Violado”, agregado ao lançamento do livro comemorativo contando a trajetória do grupo desde a sua primeira formação. É o grupo Nordestino mais antigo em atividade ininterrupta no Brasil. Tem, de fato, que ser celebrado.

child.rurebeboju.xyz A história - O ano era 1971 e o Brasil vivia em plena ditadura militar, em Recife, quando cinco jovens faziam pela primeira vez um show na Faculdade de Filosofia do Recife. O grupo, ainda sem nome, surpreendeu o público e a crítica da época com uma identidade sonora construída a partir do contrabaixo, violão, viola, flauta, percussão e vozes. Nesse mesmo ano 1971, numa apresentação em Fazenda Nova (PE), no teatro de Nova Jerusalém, o grupo foi batizado de Quinteto Violado por Robinson Pacheco – filho de Plínio Pacheco, idealizador, construtor e criador da cidade-teatro. 

No ano de 1972, no primeiro show de Gilberto Gil, no Recife, após sua temporada de exílio em Londres, foi convidado a assistir o ensaio do Quinteto. Ele se encantou de tal forma com aquele som produzido pelos cinco rapazes, que numa entrevista dada à revista O Bondinho, foi perguntado o que mais o tinha surpreendido musicalmente no seu retorno ao Brasil. A resposta foi direta: Quinteto Violado. E classificou o estilo musical do grupo como “free Nordestino”. Uma liberdade poética para dizer que a sonoridade do grupo é carregada de poesias, composições próprias que fazem uma leitura do cancioneiro popular com arranjos que dão um toque de contemporaneidade e improvisos típicos do jazz, passeando do popular ao erudito.

O grupo ganha notoriedade e respeito de outros nomes da música brasileira, como Caetano Veloso e Luiz Gonzaga.  A partir daí, inicia uma trajetória de apresentações pelo Brasil até culminar na primeira apresentação internacional em 1975, no Mercado Internacional de Disco e Edição Musical - MIDEM, realizado em Cannes, na França. Jair Rodrigues, que àquela altura já era um sucesso, também estava com o grupo. A participação nesse evento resultou no lançamento do primeiro disco do grupo e do LP "A Feira”. Nessa mesma viagem o Quinteto foi até Paris, onde se apresentou no Olympia, ao lado do próprio Jair, de Jorge Benjor, Toquinho e Vinícius de Moraes. O Quinteto Violado conquistou plateias mundo afora em várias turnês internacionais, tocando em países como: Portugal, Alemanha, Suíça, França, Iugoslávia, Tchecoslováquia, Áustria, Bélgica, Itália, Espanha, Turquia, Síria, Coréia do Sul, além do Paraguai, Peru e outros países da África e nas Américas. O grupo também fez parcerias com grandes nomes da música brasileira e do mundo e foi responsável por apresentar o trabalho da paraibana Elba Ramalho para o Brasil.

https://city.bafasoxatuj.bar O Show

wind.focajitip.bar

O show Tempo, que marca os 50 anos do grupo, é um compilado musical e afetivo da trajetória do Quinteto.  Tem direção geral e produção de Pedro Francisco de Souza, direção Musical de Dudu Alves, e arranjos originais das décadas de 1970 e 1980. Desse início, estão músicas como 'Asa Branca' (considerada por Luiz Gonzaga como o mais lindo arranjo para as mais de 500 gravações existentes para seu maior sucesso), 'Cavalo Marinho', 'Algodão', 'Rio Capibaribe' (Melhor Arranjo do MPB Shell 80), 'Ofertório (da Missa do Vaqueiro), 'Disparada', e mais 15 outras músicas que farão com que o público se sinta presenteado e de volta ao início dessa trajetória de grandes conquistas, dentre elas quatro Prêmios da Música Brasileira, indicação ao Latin Grammy Awards, Medalha da Ordem do Mérito Cultural, além do lançamento de 56 Álbuns – entre LP’s e CD’s, quatro DVD’s, três livros que contam essa história e as diversas turnês nacionais e internacionais.

Após o Recife a turnê segue para a Casa de Francisca, em São Paulo e para o teatro Reinaldo de Oliveira, em Garanhuns. A trajetória de 50 anos do Quinteto Violado emoldura um dos momentos marcantes da história da Música Popular Brasileira e traduz o significado de uma das frases mais conhecidas do escritor russo Leon Tolstoi : “Se queres ser universal, cante sua aldeia”.

Serviço:

Show:

Tempo - 50 Anos do Quinteto Violado

Data: 06 de Maio (sexta-feira)

Local: Casa de Francisca

Rua Quintino Bocaiúva, 22

Praça da Sé

Horário: 20h (abertura da casa)

Ingressos: Arquibancada/Mezanino R$53

Mesas (show + acepipes + jantar) R$133**Bebidas, sobremesas e serviços não incluídos

Compra online: https://bit.ly/3Fap1BL 

Fonte: Denise Souza – Assessoria personalizada

   
Atualizado em ( 03-Mai-2022 )
 
Seguinte >

Enquete

Qual é o seu ritmo latino predileto?
 
Newsletter
Receba as novidades da Onda Latina no seu e-mail.
E-mail

Nome

Sobrenome

Cidade


 

Usuários On-line