como localizar un celular x satelite Como localizar telefone e endereƧo link App rastrear Stealthgenie Como localizar celular com gps samsung Sistema Apps Baixar programa para rastrear meu celular link Espia de Aplicativos espiao gratis Mobile spy no jailbreak Camera para espionagem porto alegre visit web page Rastreador de celulares telcel Espionar celular gratuito Camaras espia valladolid Aplicativo para rastrear celular pelo numero click to see more Como espionar conversas do whatsapp de outra pessoa Rastrear celular samsung galaxy young Rastrear iphone Download see more Programa espiĆ£o hacker Free iphone click click the following article Como funciona programa espiĆ£o de celular Aplicativo de rastreamento para o celular Camara espia Software espia see more read article Como rastrear meu celular samsung galaxy young Como espiar telefonos celulares gratis Www spybubble android 4 radio apk Rastrear telefone online Escuta telefonica espionnage rastreador para celular nokia e5 como
Papo 10 com Jica y Turcćo
Escrito por Franklin Valverde   
06-Nov-2008
jyt_31.jpgA dupla Jica y Turcão é uma das melhores sínteses de como aliar bom humor e boa música. Saídos do grupo Tarancón no início dos anos noventa, a parceria criou um estilo bastante original, auto-intitulado música "afrocaribeñalatino caipirabrasileira". A tradução dessa imensa palavra-valise pode ser feita da seguinte forma: é "afro" na percussão realizada por Jica; é também "caribenha" pela força salseira do ritmo de suas músicas; há uma "latinidade", reflexo da passagem de ambos pelo Tarancón. É "caipira" pelo pontilhado das cordas do Turcão, além de "brasileira" na riqueza melódica e, principalmente, no humor presente nas letras de suas músicas e nos divertidos esquetes feitos pela dupla Jica y Turcão em seus shows. Confira o agradável bate-papo feito com os dois.

1 - Vocês iniciaram a carreira no Tarancón, principal grupo de música latino-americana do Brasil nos anos setenta do século passado. Por que saíram do grupo?

Jica - Simplesmente não estava contente com o rumo da banda e resolvi saltar do barco andando...

Turcão - Comecei minha carreira musical com o grupo Macuco (vocal MPB). Entrei no Tarancón porque queria conhecer o mundo, viajar, conhecer pessoas, fazer novas amizades, ficar por dentro de tudo o que rolava de música latino-americana e me aprofundar nos ritmos latinos e caribeños. Saí do Tarancón porque queria conhecer o mundo, viajar, conhecer pessoas, fazer novas amizades, ficar por dentro de tudo o que rolava de música latino-americana e me aprofundar nos ritmos latinos e caribeños.

2 - Jica, você de vez em quando participa de alguns shows com o Tarancón. É pura saudade?

Jica - Gosto do trabalho. Ainda me alegra e me contagia, mas não tenho saudade!

3 - No CD "Música de Relaxo" vocês gravaram várias marchinhas de Carnaval. Quando vem um CD da dupla só com músicas de Carvanal? Há público para isso?

Jica - Sinceramente não sei. Prefiro, agora, fazer um disco de rock à nossa maneira, com bumbo, violão, cacarecos e bom humor. Sem ligar para o "mercado". Só na maluquice.

Turcão - Eu acredito que sempre existirão os amantes das marchinhas e, se a gente se aventurar nessa empreitada, as pessoas vão curtir o raro prazer. Ficaremos ricos (de satisfação).

4 - Turcão, além de ser 50% da dupla J y T, você é produtor. O que você está produzindo no momento?

Turcão - Terminei de produzir, dirigir e arranjar o CD Cine Mazzaropi do cantador e compositor Zé Paulo Medeiros. Também estou trabalhando em mais cinco produções: Noel de Medeiros Rosa (Zé Paulo Medeiros), Cantigas do Mar de João Bá (Victor Batista), Casulo (Zé Paulo Medeiros), Roquenrou Vagal (Jica y Turcão) e Lanternas de São João (Festa Joanina da Escola Waldorf).

5 - Jica, você também é empresário, dono do selo Radiolabomba. Como anda o casting de sua gravadora? Não vale dizer que é de ônibus ou metrô._jyt2__37111.jpg

Jica -Tínhamos, o Fernando Lopes - meu sócio no prejuízo -  e eu, um plano de trabalho para o Selo. A curto prazo não deu certo. O primeiro CD do Trio Boa Vista teve até boas resenhas de jornal, mas empacou nas vendas. Talvez mais para adiante a gente consiga retomar a brincadeira, mas sem reclamações. Enquanto for divertido, apostaremos e, afinal de contas, estamos devendo um disco para o pianista e arranjador Jayme Lessa. Quem sabe?

6 - Vocês mesmo produzem, editam, distribuem e vendem os CDs da dupla. É um bom negócio eliminar os intermediários, leia-se, uma gravadora multinacional, distribuidores, lojas etc.?

Jica - Sim, é um bom negócio! Nesse  momento onde ninguém, dentro da indústria musical, sabe para onde deve correr, é importante ser senhor de seu próprio trabalho e arriscar conforme seu próprio interesse. Quem sabe até tentar parcerias...

Turcão - Participamos de Festivais em consequência dos CDs da dupla estarem rodando com uma boa velocidade. Podemos citar, como exemplo, o Festival de Inverno de Bonito (MS), Festival de Inverno de Campos do Jordão (SP), Festival América do Sul, em Corumbá (MS), Festival das Três Fronteiras, Brasil, Paraguai e Argentina, entre outros.

7-Em seus shows vocês trabalham suas músicas com muito humor, fazendo até alguns esquetes. É fácil viver de humor no Brasil?

Jica - Difícil não é viver de humor, é sobreviver dele! Mas vamos indo honrosamente bem, fazendo o que queremos, sem conceder. Claro que pagamos um preço, mas, e daí? Nada se compara àquela gargalhada que arrancamos das pessoas como quem não quer nada! 

Turcão - Pelo fato de a dupla ter uma produção simples e barata, é fácil colocar shows que cumpram a função de entretenimento e diversão pública, num teatro, em confraternização de empresas, mesmo sendo em outras praças e estados. Não somos humoristas. Somos músicos que utilizamos a música para nos divertirmos e divertir as pessoas.

8 - Turcão, você já fez trabalhos voltados para o público infantil, como "Magitule". Você continua realizando trabalhos do gênero?

Turcão - Eu percebi que nós brasileiros, em geral, não fomos educados para apreciar ópera por não fazer parte da nossa cultura, e não haver incentivo para que seja incluída em roteiros de pesquisa. Criei a Ópera Lúdica, que aproxima a criança do universo operístico como se fosse uma grande brincadeira. Contamos, ou melhor, cantamos uma história para 200 crianças, depois elas vão para as oficinas onde aprendem a confeccionar o cenário, os figurinos, aprendem também as coreografias e a cantar as músicas que geralmente são paródias de grandes obras como "Carmem", "Aída", "O Barbeiro de Sevilha" e outras obras. 

9 - Qual será o próximo CD da dupla Jica y Turcão?

Jica - Torço por um CD de rock básico e  anárquico!

Turcão - ROQUENROUBRAZUCAMUITOLOCOMALUCOBABANOVAGABUNDO. A molecada vai gostar e nós também.

10 - Vocês estão há mais de trinta anos juntos - musicalmente falando, é claro -, qual é o segredo dessa união tão duradoura?

Jica - Ausência de sexo! Em sério: respeito e admiro muito o senhor Sérgio Féres. É um grande músico. A gente ri muito enquanto trabalha, ele dirige bem e tem uma frota de Belinas. Que mais podemos querer um companheiro de trabalho?

Turcão - O sexo vem com o tempo. Acho que ele só está interessado nas minhas Belinas. A gente tem uma fórmula rítmica adaptada para dois músicos que supre a necessidade de grandes bandas.
Atualizado em ( 06-Nov-2008 )